Home / Clássicos / Grand Prix – Autocine

Grand Prix – Autocine

O cinema está repleto de bons filmes sobre carros e corridas em geral. Apesar de nos dias atuais este ritmo ter diminuído um pouco (mas ainda produzindo alguns longas-metragens excelentes, como falaremos futuramente), existem alguns clássicos que fazem não parte somente do cinema de esportes ou corridas, mas da história da sétima arte como um todo. Para os veteranos de plantão, hoje vou falar de um dos grandes filmes dos anos 60, e obrigatório para qualquer fã de Fórmula 1 e seus similares: Grand Prix.

Grand Prix: revisitando uma época

Grand Prix conta a história de quatro pilotos fictícios ao longo de uma temporada da Fórmula 1. Embora cada um tenha suas motivações bem distintas para pilotarem os veículos, bem diferentes do que estamos acostumados hoje, o grande foco do longa não é em seus dramas pessoais, mas sim nas corridas em si. A Fórmula 1 nessa época apresentava um índice de mortalidade muito maior do que nas duas décadas seguintes. Acidentes eram bem mais fatais, e as rivalidades eram mais acirradas.

 Este senso de perigo se mostra muito nítido nas cenas de corridas, sempre muito bem filmadas e editadas. Uma curiosidade: na época em que foi gravado, o diretor John Frankenheimer utilizou todas as câmeras panavision 65 mm que existiam na época para realizar as gravações nos circuitos. Isso permitiu ângulos inusitados para a época, e até hoje ele traz toda a emoção de estar no cockpit do piloto. Parte dessa ousadia pode ser vista atualmente no recente Rush: No Limite da Emoção, de Ron Howard.

Grand Prix 2

Outro fato curioso é que há a presença de vários pilotos reais da fórmula 1 durante as corridas. Bruce McLaren, Phil Hill, e Juan Manuel Fangio são alguns dos que aparecerem nas provas. Aliás, algumas das sequências de corridas misturam disputas reais com as gravadas. Não disse que era uma viagem no tempo?

Como disse lá em cima, Grand Prix é uma obra obrigatória para os fãs de automobilismo e carros em geral. Talvez os mais novos possam considerar um pouco datado (fato um pouco amenizado com a versão em Blu-Ray lançada em 2011), mas assistir de perto a emoção das pistas, e revisitar toda uma época intensa vale a pena.

Grand Prix 3

Veja também

Mitsu2017OutlanderPHEV_344-626x375.jpeg

Indústria Automotiva se une contra Hackers

As montadores estão buscando diversas formas para proteger os motoristas de ameaças cibernéticas, e não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *